SIM! COM UM CHIP/BOX DE POTÊNCIA É POSSÍVEL POUPAR COMBUSTÍVEL!

A quantidade, a pressão e o ponto de injeção são permanentemente otimizados, o que tem como consequência um aumento da potência, não devido ao aumento das rotações, mas sim devido ao aumento do binário. Isto reduz automaticamente as rotações necessárias. Poderá engrenar a próxima velocidade mais cedo e, deste modo, poupar combustível.

 

PORTANTO, NA PRÁTICA, COMO FUNCIONA?

Se não alterar fundamentalmente o seu estilo de condução, pode poupar até 1 litro de combustível aos 100 quilómetros, após a montagem de um dos nossos chip/box de potência. Com um depósito de 50 litros, a poupança de combustível pode representar mais 170 km por cada enchimento do depósito de combustível, o que equivale a 14 euros de poupança de combustível se o preço da gasolina se elevar a 1,70 euros/litro. Isto é, por cada enchimento do depósito de combustível!

O aumento de binário conseguido na optimização da electrónica do automóvel, ou na gestão electrónica dos seus componentes (por exemplo: common-rail), permitirá conduzir mais vezes em baixas rotações mas com a mesma performance de rotações mais elevadas. Isto permitirá circular à mesma velocidade, mas com uma mudança superior, e com menor rotação do motor.

A quantidade de combustível que realmente poupa dependerá de vários factores, como por exemplo:

  • as características próprias do respectivo motor;
  • o estilo de condução do condutor;
  • a tolerância de série do veículo;
  • o ajuste do chip/box de potência;
  • as condições meteorológicas;
  • o estado de conservação e dimensão dos pneus.

poupar-combustivel

Algumas dicas para uma condução poupada em termos de combustível:

  • Assegure-se de que os pneus estão sempre com a pressão correta (consultar os dados do fabricante).
  • Os pneus gastos consomem mais combustível. Substitua os pneus na altura certa; por norma, de dois em dois anos.
  • As temperaturas muito altas ou muito baixas influenciam as características de condução e, por conseguinte, o consumo de combustível. Também a chuva, a neve e o asfalto quente actuam de forma determinante sobre o consumo de combustível.
  • Conduza com rotações baixas. Não acelere a fundo desnecessariamente e evite rotações máximas.
  • Conduza de forma preventiva. Evite acelerar sem necessidade se avistar um engarrafamento ou um semáforo vermelho.
  • Se possível, deixe o veículo deslizar, em vez de travar a fundo.
  • Evite um estilo de condução brusco (acelerar, não acelerar, acelerar, não acelerar). Sempre que possível, acelere de forma homogénea e mantenha-se dentro dos limites de velocidade.
  • Desligue o motor se esperar um tempo de imobilização superior a 2 minutos. Compensa!
  • Desmonte os porta-bagagens, suportes de bicicleta, etc. e não transporte cargas desnecessárias na mala. Quanto mais pesado estiver o veículo, maior será a potência que o motor terá de fornecer para movimentar o automóvel.

Em conclusão: cada motor tem as suas próprias características. Pode apresentar até 10% das tolerâncias de série, ou seja, um motor de 100 CV pode ser fornecido pelo fabricante com apenas 90 CV ou com 110 CV, o que, naturalmente, influencia o consumo de combustível. Para além disso, os dados dos fabricantes relativamente ao consumo de combustível baseiam-se em situações de marcha ideais que raramente se conseguem alcançar no trânsito normal.